Potencial

A marca do seu combustível

Blog Potencial

Pesquisa “secreta” dirá que jovem não tem pressa de dirigir

Pesquisa “secreta” dirá que jovem não tem pressa de dirigir
Lei seca, aplicativos e outras preocupações mudam a cabeça.

O rito de passagem para a idade adulta que significava completar 18 anos e imediatamente tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não significa mais o mesmo rito de passagem que uma ou duas décadas atrás. Hoje tirar a carteira não é mais uma sangria desatada – se é que eles sabem o que significa essa expressão.

No entanto, a indústria automobilística está de olho nesse movimento e quer ser a provedora dos novos serviços que vai promover a mobilidade dos jovens do ponto A ao ponto B. “Os primeiros resultados das nossas pesquisas devem ficar prontos no final de abril”, disse ao Carpress Antonio Megale, presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores).

Detalhe: muito possivelmente esses resultados não serão divulgados ao público em geral. Isso mesmo! Servirão para que as os fabricantes de veículos – futuras fornecedoras de soluções de mobilidade – planejem seus próximos passos. “Fato é que já verificamos um primeiro sinal, que é o jovem demorando mais tempo para tirar a primeira habilitação”, diz Megale.

Segundo ele, esse é um fenômeno mundial, não apenas brasileiro. Mas atinge o país em um momento no qual as leis para quem bebe e dirige nos grandes centros estão mais duras, com tipificação de crime e valores mais altos, enquanto há mais ofertas de carros por aplicativos. “Nesse momento é preciso que alguém ofereça novos atrativos de mobilidade e quem vai fazer isso é a própria indústria automobilística”, defende.

Outro ponto é que o modelo fica ainda mais intensa a verificação de necessidade de carros autônomos em locais onde não há tantos modais de transporte, ou seja, em vias de cidades mais interioranos, não tão bem servidos de ônibus, trens, metrôs e táxis. Haverá uma interessante diferenciação.

Outro ponto interessante da pesquisa: o carro volta a permear a mente como objeto de desejo quando a pessoa já está com família constituída, com seus 40 anos, e pretende levar filhos ou, mais adiante, até netos para passear. Detalhe: essa pesquisa não deve ser amplamente divulgada. Apenas para membros da indústria e da cadeia produtiva.

Fonte: Carpress

Categoria(s): , . | Tag(s): , , .

Uma empresa do Grupo Potencial.