Potencial

A marca do seu combustível

Blog Potencial

DETRAN-MG anuncia implantação de sistema para monitorar aulas e exames

DETRAN-MG anuncia implantação de sistema para monitorar aulas e exames

A Polícia Civil, por meio do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), anunciou, nesta terça-feira (3), a  implantação do sistema de telemetria e videomonitoramento do processo de formação de condutores de veículos. O objetivo do sistema de monitoramento é auxiliar a fiscalização das aulas práticas de direção e da avaliação do candidato à Carteira Nacional de Habilitação (CNH), por meio de áudio, vídeo, fotos e de sensores ligados aos componentes do veículo.

                                                                                                                                                                                                                      Divulgação PCMG

Equipamentos de videomonitoramento aplicados em veículo

O monitoramento começará pelas aulas práticas em todas as categorias, depois será a vez dos exames de direção. Minas Gerais possui mais de 6,5 milhões de habilitados, e o número tende a crescer. O Detran-MG registrou, no ano passado, mais de 905 mil exames de candidatos à carteira de habilitação para motos, carros, caminhões, ônibus e reboques. Este ano já foram mais de 187 mil exames realizados.

Para o Diretor do Detran-MG, Delegado-Geral César Augusto Monteiro Alves Junior, a tecnologia visa garantir a qualidade, segurança, transparência e eficiência no processo de formação e aperfeiçoamento dos condutores no Estado de Minas Gerais. “Essa solução dotará o Detran de instrumentos, tecnologia e procedimentos que permitam melhor gerenciamento do processo de habilitação sob sua responsabilidade, sobretudo dos novos condutores”, afirmou César Augusto.

O Coordenador de Administração de Trânsito, Delegado José Marcelo de Paula Loureiro, destacou ainda, “que cada ação do candidato, no momento da aula e da avaliação será monitorada, por isso ele terá que se qualificar melhor antes do exame. Certamente, o novo sistema vai auxiliar na formação de candidatos mais preparados para o trânsito, proporcionando mais segurança e, consequentemente, diminuição no número de acidentes nas vias”, destacou.

                                                                                                                                                                                                          Divulgação PCMG


Em aproximadamente 40 dias, todos os Centros de Formação de Condutores (CFC) de Minas Gerais devem apresentar o contrato com as empresas credenciadas para prestar o serviço. De acordo com o Coordenador de Habilitação, Delegado Ednelton Carracci, o Detran-MG estabeleceu um cronograma que vai permitir a adaptação dos CFCs dentro do prazo, de forma a garantir um padrão elevado na prestação desse serviço.

A novidade será implantada, na primeira fase, durante as aulas de direção ministradas por CFCs de Nova Lima, cidade da Região Metropolitana de Belo Horizonte. De acordo com o cronograma, em torno de 120 dias, todo o Estado deve estar adaptado à nova tecnologia, incluindo também os exames de direção, como determina a Portaria 238/14, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

O Detran-MG esclarece que não haverá aumento das taxas de segurança pública para candidatos à habilitação. No entanto, fica sob responsabilidade dos CFCs a alteração ou não dos valores cobrados pelos serviços prestados.

Uma empresa do Grupo Potencial.